Equipe de Especialistas

Na GGB, temos bastante independência. Eu trabalho com pessoas que têm grande experiência e eu posso confiar no trabalho que desempenham.

Marie Pierre Ermel Gerente de Serviço ao Cliente, Automotivo

Com uma impressionante carreira de 15 anos na GGB, Marie-Pierre atualmente ocupa o cargo de gerente de serviço ao cliente para o setor automotivo.

At GGB, Marie-Pierre Ermel is customer service manager for the automotive market
Voltar
  • Jornalista
  • M. PIERRE ERMEL
  • Quais são as principais responsabilidades do departamento de Serviço ao Cliente?

  • Nosso trabalho começa quando recebemos o pedido do cliente e o registramos no sistema. O departamento de Logística, que é responsável pelo planejamento da produção, então nos envia a confirmação do prazo de entrega. Nós,então, comunicamos o prazo para o cliente e, se ele estiver de acordo, nossa primeira tarefa está concluída . No entanto, caso haja necessidade, negociamos um prazo melhor de entrega junto à produção. Esta é a principal tarefa do analista de serviço ao cliente. Nós também lidamos com as faturas e organizamos as entregas para a França, União Europeia e exportações.

  • Quais as vantagens que a GGB oferece aos clientes em relação à concorrência?

  • O melhor índice de entregas no prazo! Nosso objetivo é garantir que as peças estarão prontas a tempo, mas se houver um problema, informamos o cliente imediatamente. Isso é fundamental, especialmente no setor automotivo, onde se as peças não forem entregues no prazo, toda a cadeia de produção é quebrada; nossos clientes não conseguem entregar suas peças para os fabricantes de automóveis e a produção pode ser interrompida. Às vezes pode ser muito estressante. Estamos muito conscientes do papel que desempenhamos e somos extremamente cuidadosos com os prazos de entrega, a fim de oferecer o melhor serviço aos nossos clientes.

  • Qual é o melhor aspecto da sua função?

  • É o contato com diversas pessoas. Em primeiro lugar, os clientes: nós os conhecemos bem e podemos compartilhar mais com eles do que apenas simples trocas comerciais. Isso é enriquecedor. Em segundo lugar, a comunicação com pessoas de todas as unidades da GGB em todo o mundo e o compartilhamento das nossas práticas de trabalho. É bom para melhorar e mudar a forma de como você trabalha e para trocar ideias. Eu gosto de trabalhar com pessoas.

  • Você tem uma experiência memorável na sua carreira?

  • No ano passado eu fui convidada a participar do seminário de Padronização das Funções Comerciais da GGB, que visava padronizar o papel de todos o pessoal de serviço ao cliente em cada unidade da GGB, junto com a representantes do Brasil, Alemanha, Estados Unidos, Áustria, França e Eslováquia. Depois de analisarmos as nossas funções, descobrimos que havia muitas diferenças em nossas responsabilidades! Nós conseguimos entrar em acordo sobre um padrão de atividades, mas vimos diversas diferenças em cada unidade. Foi muito interessante porque compartilhamos grandes ideias com a intenção de integrá-las em nossas práticas de trabalho.

  • O que torna a GGB num ótimo local para se trabalhar?

  • Para mim, eu fui capaz de me desenvolver. Me tornei gerente de serviço ao cliente em 2005, mas quando eu comecei não foi tão fácil se tornar gerente; era um verdadeiro desafio. Na GGB, temos bastante independência. Eu trabalho com pessoas que têm grande experiência e eu posso confiar no trabalho que desempenham. Elas assumem a responsabilidade quando há problemas e sei que podem resolveê-los. Sei que virão até mim e vamos conversar sobre o assunto para resolvê-lo juntos. Nós promovemos este espirito de equipe para incentivar a colaboração. Esta é, sem dúvidas, uma grande motivação para mim e minha equipe.